Como fornecer uma solução personalizada de alto desempenho de ultima geração para o SPE em 180 dias

Os Serviços Públicos de Emprego (SPE) às vezes chegam a um ponto em que são forçados a renovar seus sistemas antigos de busca de emprego ou reconstruí-los em países onde esse tipo de soluções nao existiam. Com o rápido avanço da digitalização as demandas e expectativas de tais soluções aumentaram fortemente: Processos consistentes, Matching inteligente, análise de dados de mercado de trabalho abrangente, opções simpes de análise e classificação e muito mais.

Desenvolver soluções tão bem sucedidas e de alto desempenho e lançá-las com sucesso é portanto complexo. Os procesos necessários e o trabalho de desenvolvimento podem levar varios anos e são caros, principalmente para menores SPE. Com uma plataforma escalável de etiquetas brancas e com componentes modulares de última geração comprobada, esse proceso pode ser realizado acelerando, simplificando e de baixo custo para todas as necesidades e tamanhos de SPE. E como isso funciona, gostaríamos de mostrar brevemente no post a seguir.

Modelo “tapete de pano” e muito, muito tempo….

Tal solução frequentemente consiste em compilar componentes internos existentes e componentes adquiridos resentemente. Esse tipo de modelo pode funcionar muito bem, mas é preciso muito tempo, um grande orçamento e geralmente mais esforço. Muitos SPE concertam (Me desculpe pelos termos, mas infelizmente isso é o caso) sua nova solução desta forma, porque eles constumam usar componentes existentes e possuem uma boa equipe como engenheiros de software e responsaveis de projeto. Mas com que frequência plataforma de SPE de última geração foram desenvolvidas com todos os procesos e componentes necessários nos últimos anos? E quão bem preparados para as alterações de requisito estão os próprios especialistas em dados e taxonomistas? Podem fornecer os dados e conteúdos na forma e estrutura desejada para procesos digitais integrados, tais como Matching?

O desenvolvimento de uma plataforma moderna e poderosa, que aproxima os candidatos a empregos do mercado de trabalho de uma forma eficaz é de qualquer modo, uma tarefa muito exigente para as agencias de emprego. Pois isso contém muitos subprojetos individuais igualmente exigentes. Para cada componente que será integrado a essa plataforma, os fornecedores geralmente precisam ser auditados e testados por meio de licitação pública, e as soluções internas precisarão ser redesenhadas ou até mesmo completamente redesenvolvidas. Do Matching à ferramenta de análise para interface e do UX para suporte ao bate-papo. Apenas a consulta e avaliação de cada ferramnta e cada parte do Processo criam procesos demorados. Quem entende essas partes do Processo? Qual fornecedor ofrece a abordagem correta e também pode comprovar a experiencia necessária? Muita pesquisa, muitas reuniões, muitos acordos. O que não se deve esquecer, é que novas tecnologías e ferramentas por si só não podem funcionar como um “salvador do perigo”. Pelo contrario, todos os procesos devem ser adaptados. Agências de empregos, o comércio principal do SPE já mudou muito. A cada cinco ou dez anos as abordagens e os processos precisam ser novamente alterados e reconsiderados. No futuro e com o desenvolvimento da digitalização cada vez maior, o impacto nos mercados de trabalho provavelmente ainda mais frequente. Do início do projeto ate o seu lançamento varios anos valiosos podem se pasar. E às vezes a nova solução está desatualizada no momento do lançamento. De qualquer forma, muito tempo se passa, tanto empo no qual uma plataforma de etiqueta branca eficiente já poderia ter sido executada.

Muitas vezes intestável até o lançamento

Não è apenas uma questão de tempo isso è um grande desafio. Um procedimento de de acordo com o modelo patchwork também é complexo e arriscado. Os componentes individuais da solução devem ser desenvueltos e integrados em um todo de modo geral. Parcialmente em uma plataforma ou front-end antiga já existente. Ou a mesma é ré-desenvolvida e ré-construída internamente. Fornecedores internos e externos têm pouco ou nenhum conhecimento dos componentes um do outro. Isso também dificulta o teste. Na maior parte apenas pouco antes do lançamento é possível testar com detalhe como os componentes trabalham juntos, porque não há referencia para tal constelação que ainda não existiam nesta compilação e modo de operação. A tentação é grande para construir parte da solução (por exemplo o front-end) com o envolvimento de recursos de desenvolvimento próprios. O que pode trazer benefícios em casos específicos, é que uma grande parte das agências de recrutamento estam associadas de forma sustentável a riscos e custos imprevistos. Soluções Off-The-Shelf personalizáveis, por outro lado, proporcionam estabilidade, confiabilidade e eficiencia para operação e para manutenção futura.

Estável, confiável e eficiente

Estabilidade, evolução e manutenção futura não são totalmente garantidas com o modelo patchwork, porque as alterações no software são possívelmente mais difíceis se o núcleo da solução fo execultado por uma API externa. Soluções autodesenvolvidas devem implementar uma camada de software na API. Se alterações forem feitas na API (por menor ou maior que sejam), essas alterações devem ser feitas nos módulos de software apropriados. Isso pode causar problemas de instabilidades e ou manutenção se for detectado tarde demais ou não for executado. Também não pode se confiar em um desempenho confiável. Através da combinação de v’arios sistemas de software aumenta o risco para erros. Ao mesmo tempo, localizar o erro e a causa do erro, ou a causa principal, torna-se mais complexo, pois primeiro é necessário isolar a área da solução na qual o erro se originou. Em contraste, uma plataforma de etiqueta branca que j’a foi usada com sucesso por otros SPE ofrece vantagens decisivas quando se trata de facilidade de uso, eficiencia e personalização da interface do usuario. Além disso essa solução ofrece, por exemplo um padrão de interface de usuario móvel amigável, com design e muito mais. Afinal muitos custos desaparecem como por exemplo para manutenção e desenvolvimento adicional da peça autoconstruída e para integrações. O suporte interno é difícilmente necessário, pois essa tarefa está principalmente no provedor da plataforma, que conhece bem todos os recursos desta. Assim, novas contratações caras também são difícilmente ou nao necessárias. Além disso, 20 anos geralmente passam antes que uma nova solução interna seja projetada e desenvolvida novamente. Difícil é manter os desenvolvedores experientes e qualificados, arquitetos, taxonomistas e especialistas em UX (dos quais há muito poucos em todos os lugares que são calorosamente cortejados pela industria) e fornecer-lhes bastante trabalho interessante.

Uma única solução é suficiente

A solução ideal da JANZZ.technology já está disponível: Uma plataforma personalizável que integra todos os recursos necessários para atender ás necesidades de cada SPE, mesmo com um orçamento menor. A solução foi exhaustivamente testada e construída com muitos anos de know-how de muitos outros SPE em todo mundo. Está disponível em varios idiomas com ISCO-08, ESCO e claro, todas as classificações específicas de cada país, bem como todas as combinações necessárias de design, processo e cor. Seja como uma solução de serviço Cloud compatível com o DSGVO (que também o libra de outros desafíos caros) ou como uma instalação local de alto desempenho de acordo com suas especificações. E a plataforma é rápida e fácilmente disponível: Devido ao existente know-how, amplo e comprovado da JANZZ.technology e das estruturas fácilmente adaptáveis, UI e os componentes técnicos semánticos atualmente mais poderosos, etc. O tempo de execução do projeto pode ser reduzido para cerda de 180 dias até a implementação. Isso significa que o orçamento e a segurança do projeto e apenas curtos 180 dias até que o primeiro candidato possa ser mediado a um emprego pelo sistema.

Quando podemos apresentá-lo pessoalmente à sua futura solução?

sales@janzz.technology

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *